Arquivo

Archive for abril \20\UTC 2012

Zimbra Open Source – Export/Import de caixas postais e mensagens

Como sempre no mundo Open Source, tudo funciona muito bem, até que você precisa fazer uma migração. Recentemente tive problemas em um servidor de emails usando o pacote de colaboração Zimbra e minha única solução era exportar as caixas postais e importar em uma nova instalação.

Como o servidor antigo estava com problemas na base, os tradicionais backups de sincronia da /opt/zimbra não funcionariam, e as mensagens também estavam divididas em dois volumes, o que complicaria o sincronismo, caso pudesse ser considerado.

Depois de muita briga e muitos testes, encontrei uma solução para migrar somente caixas postais e mensagens, o que no fim das contas acabou sendo muito mais simples do que o esperado.

O servidor novo foi instalado e todas os parâmetros e configurações referentes a COS (Classes de serviços, domínios, zimlets, configurações globais e de servidor) foram ajustados, com tudo certo, o próximo passo era a importação das contas, o que faremos a seguir.

1 – No console administrativo do zimbra, clicar na opção “Migração de Conta” (1) e em seguida “Assistente de Migração” (2) :

Console Administrativo

2 – Na janela que abrir, será informado de que tipo de servidor será feita a importação. Em Tipo de servidor de email, selecione “Pacote de colaboração Zimbra”:

Seleção de servidor

3 – As demais opções devem ser mantidas. Clicar em Próximo:

Assistente de migração

4 – Na janela seguinte, deve-se selecionar a fonte (servidor) das contas a serem importadas: selecione “Importar de outro diretório LDAP do Zimbra”.

Source accounts

5 – O próximo passo é informar como serão definidas as senhas das contas importadas, o endereço e porta do host SMTP de busca.

OBS: Nesta importação utilizei uma senha padrão para todas as contas e habilitei a opção “Solicitar aos usuários que alterem a senha no primeiro login”.

Configuração de importação

6 – Na próxima tela devem ser informados os parâmetros para conexão ao servidor LDAP, são eles:

  • URL do servidor LDAP: endereço do servidor de email;
  • Porta de conexão: A porta padrão do LDAP é 389;
  • DN: deixar os valores default;
  • Senha do LDAP: esta senha pode ser obtida no arquivo /opt/zimbra/conf/localconfig.xml:
<localconfig>
 <key name="ldap_postfix_password">
 <value>Zh5wvTppM</value>
</key>
  • Filtro LDAP: também manter os valores fornecidos;
  • Base de busca LDAP: domínios existentes no email, para o domínio teste.com.br, por ex, a base seria “dc=teste,dc=com,dc=br”;

Conexão LDAP

7 – A seguir será mostrado um resumo sobre a importação das contas, como domínios encontrados, número de contas encontradas e será disponibilizado um arquivo com as contas para download. Para este procedimento não é necessário baixá-lo:

Status migração

8 – Na próxima tela, marque a opção “Selecionar contas para importar”:

Seleção de contas

9 – Nesta tela, clicar no botão “Buscar”, do lado esquerdo da janela, serão listadas as contas encontradas para importação:

Listar contas

10 – Após listadas as contas, é necessário selecioná-las e adicioná-las à lista de importação, neste momento são necessárias as seguintes ações:

  1. Selecionar as contas listadas a direita;
  2. Clicar no botão adicionar;
  3. Clicar em póximo;

Seleção de contas

Seleção de contas 2

Executar os passos acima até que não haja mais contas do lado esquerdo da janela.

Nota: Se o botão "Adicionar tudo" for utilizado, as contas são copiadas para 
a lista de importação, mas são importadas com erro e a importação de mensagens 
não é concluída com êxito.

11 – O próximo passo é informar os dados da conexão IMAP:

  • Tipo de coenxão: SSL (padrão);
  • Host IMAP: endereço do servidor;
  • Porta do IMAP: 993 (padrão);
  • Login de administrador: uma conta de acesso com permissões administrativas;
  • Senha de administrador.

Conexão IMAP

12 – Na próxima tela, será apresentado um resumo das configurações, se todos os parâmetros estiverem corretos, clicar em “Próximo”:

Análise das configurações

Após executar os procedimentos acima, as contas já podem ser visualizadas no painel. Agora a ferramenta de migração zmztozmig será configurada para importação das mensagens. P

Para isso edite o arquivo zmztozmig.conf:

# vim /opt/zimbra/conf/zmztozmig.conf

Devem ser alterados os seguintes parâmetros:

#Source ZCS server IP/name,admin user name and password, server port
SourceZCSServer=zcs1.example.com
SourceAdminUser=Admin
SourceAdminPwd=pwdpwd
SourceAdminPort=7071
  • SourceZCSServer: servidor_que_será_migrado
  • SourceAdminUser: usuário com permissões administrativas
  • SourceAdminPwd: senha do usuário
  • SourceAdminPort: 7071 (padrão)
#Destination/Target ZCS server IP/name,admin user name and password, server port
TargetZCSServer=zcs2.example.com
TargetAdminUser=Admin
TargetAdminPwd=pwdpwd
TargetAdminPort=7071
  • TargetZCSServer: novo_servidor
  • TargetAdminUser: usuário com permissões administrativas
  • TargetAdminPwd: senha do usuário
  • TargetAdminPort: 7071 (padrão)
#Threads to run simultaneously
Threads=5

Número de processos executados simultaneamente.

#Do you want to keep tar mailbox files after successful migration- TRUE/FALSE
KeepSuccessFiles=TRUE

Esse opção permite manter uma cópia de cada conta (em um arquivo compactado), no caminho setado na linha “SuccessDirectory=/tmp/ztozmig/successes/”. Caso não deseje manter estes arquivos após a importação, altere o parâmetro acima para “FALSE”.

Descomentar a seguinte linha:

#resolve=skip
DomainMap=zcs1.example.com zcs2.example.com

Nesta linha devem ser informados o domínio a ser importado e o domínio que receberá as contas.

Domains=zcs1.example.com,zcs2.example.com

Esta linha deve ser omitida no caso da importação não ser do domínio inteiro, quando apenas algumas contas serão importadas.

Accounts=all

Utilize o parametro ‘all’ para importar todas as contas naquele domínio, ou os endereços separados por vírgula.

Com todos os parâmetros alterados, deve ser iniciar a importação. Com o usuário zimbra (su – zimbra), executar o script:

$ /opt/zimbra/libexec/zmztozmig -d

A opção “-d” pode ser omitida, a função dela é mostrar o log da importação, o que também pode ser visualizados nos arquivos do diretório /opt/zimbra/log/ztozmiglogs. Após a importação será exibido um resumo com o número de contas do servidor, o número de contas importadas com sucesso, número de contas com falha e o tempo da importação.

Bom, é isso. Caminho simples e objetivo depois de passar por umas pedrinhas no zimbra… Espero que possa ajudar mais alguém.

%d blogueiros gostam disto: